terça-feira, 20 de janeiro de 2015

Sobre ser vegetariana

Sim, sou vegetariana.

Tudo começou assim: quando eu tinha uns três anos e entendi que carne, na verdade, eram os bichinhos que eu tanto amava, não quis mais me alimentar deles. Mas como eu era criança e tinha que obedecer minha mãe, acabava comendo alguma coisa, mesmo não querendo. No geral, tentava negociar, tipo: "como três colheres cheias de brocólis se não precisar comer o bife" :) 

Aos treze anos passei por alguns problemas emocionais que me fizeram emagrecer muito. Fui em um nutricionista e ele achou um absurdo eu não comer carne (vontade de dar um soco no nutricionista? sim, vontade de dar um soco no nutricionista). Sai de lá com uma dieta que me fazia comer carne três vezes por semana. E eu continuei comendo carne até quatro anos atrás, quando decidi parar completamente e para sempre.

Há muita coisa a ser falada sobre o vegetarianismo/veganismo, mas vou focar em questões com as quais sempre me deparo:

1 - Vai um peixinho aí? Ah, vai, peixe não se enquadra...

Mas é logico que peixe se enquadra. Peixes não são vegetais que nadam. Há estudos que comprovam que peixes sentem dor, assim como todos os outros animais. 


2 - Tem salgado de presunto. Serve?

Segue história real:

Estava eu na rodoviária quando decido comer alguma coisa antes da viagem. Chego na lanchonete e pergunto pelo enroladinho de palmito. A moça me dá o salgado e eu saio feliz e contente em direção ao ônibus. Como de costume, antes da primeira mordida parto o enroladinho ao meio pra ter certeza do que vou comer: não era palmito, era presunto #NaoEraAmor #EraCilada

Volto pra lanchonete, explico para a atendente que ela me deu o salgado errado e que eu não posso comê-lo por ser vegetariana. Ela fica puta, me dá um esporro por estragar o enroladinho, diz que não tem outro sabor e se eu quiser vou ter que trocar por um suco. Desisto de discutir porque meu ônibus já tá chegando, pego o suco e passo fome por toda a viagem. ¯\_(ツ)_/¯

Moral da história: mesmo moído e processado, presunto ainda é carne.

3 - Você está fazendo dieta?

Eu? Dieta? hahahahaah

Não, sério. Ser vegetariano não significa ser magro, muito menos ter uma alimentação saudável (a menos que você queira). Não existe picanha, mas existe batata frita :)

Minha decisão veio de coisas que eu li e assisti sobre crueldade em animais e condições precárias de trabalhos em abatedouros.

Para quem quiser saber mais:


4 - Mas o que você come?

Uma infinidade de coisas, menos carne.
Ah, eu ainda utilizo ovos e leite, mas estou tentado diminuir o consumo.


5 - Você se sente superior por ser vegetariana?

Essa eu tirei de comentários em sites de notícias hahahah

Não, eu não me sinto superior. Nem pretendo obrigar as pessoas a pararem de comer carne. Mas é que quando se descobre que é possível viver sem, você meio que quer contar pra todo mundo sobre isso.

Faz assim: se vocês me desculparem por as vezes ser chata e causar problemas com a preparação do menu, eu nem vou ligar de ouvir a piada do "eu também sou vegetariano, afinal, meu alimento come plantas" de novo... e pela milésima vez hahahaaha

Fechado? Fechado!








Nenhum comentário:

Postar um comentário