quarta-feira, 27 de maio de 2015

Sobre o Ned, aquele cara incrível que faz tortas.

Vamos falar de séries de novo? "Vamooooosss!"
Vocês prometem que não vão se cansar? "Prometemooooosss!"

Eba, gosto assim! (também gosto de inventar conversas fictícias na minha mente. Esse é meu jeitinho...) :P

Seguinte, hoje quero falar de um personagem que amo muito, o Ned!

Daí você me pergunta: "mas quem é o Ned?", daí eu te respondo: o Ned faz tortas! Ah, e ele também ressuscita pessoas mortas quando toca nelas.

Pushing Daisies é uma série que tenho como referência de estética e humor. Incrível a construção dos personagens, tão leves, contrastando com as histórias completamente nonsenses de assassinatos (Ned usa o tempo vago pra ganhar umas graninhas como investigador, tocando nas vítimas para que elas acordem e digam quem foi seu assassino, e depois tocando nelas de novo para que elas voltem ao sono eterno).


Sobre a estética, as cores fortes, bem puxadas pro verde e vermelho, lembram muito O Fabuloso Destino de Amelie Poulain, que teve sua fotografia inspirada nos quadros do pintor brasileiro Juarez Machado.

Mas... vamos falar do Ned.

Ned, também conhecido como Thranduil, Ronan, o Acusador e, mais frequentemente, como Lee Pace, é uma pessoa bem introvertida, afinal guarda um grande segredo. Mas quando decide pensar sobre a vida, grande sabedoria. Aff  S2 

Vamos as suas melhores frases:

"Tudo é uma escolha. Aveia ou cereal, avenidas ou ruas, beijá-la ou mantê-la. Nós fazemos as escolhas e convivemos com as consequências. Se alguém é ferido no meio do caminho, nós pedimos perdão. E é o melhor que podemos fazer". 


Ned escolhendo te seduzir...

"A verdade é que há um monte de gente como você e como nós, com hobbies estranhos, talentos ou dons que nós tentamos esconder por medo de parecermos estranho ou de afastarmos as pessoas, mas isso é um erro . O que me faz único trouxe cada pessoa que eu amo para dentro da minha vida".


Sendo normal com um chapéu de torta

"Nós acordamos todos os dias com uma lista de desejos, e talvez nós iremos gastar nossas vidas tentando fazer com que eles se tornem reais. Mas só porque os queremos não significa que eles nos farão felizes".


Making a wish


Por que mesmo que esse seriado teve que acabar? Nunca vou me conformar...







Nenhum comentário:

Postar um comentário