segunda-feira, 14 de dezembro de 2015

Sobre: Os Melhores de 2016!


Lá no Facebook, tô participando de um grupo chamado Blogueiros Geeks. Esse mês eles colocaram alguns temas de blogagem, e um calhou de ser muito parecido com algo que já estava pensando em fazer para o blog, que nada mais é do que uma retrospectiva do ano. Reuni o útil ao agradável e o resultado tá aqui!

Voz do Sérgio Chapelin on E agora vocês vão conhecer aqueles que se destacaram no ano de 2015 Voz do Sérgio Chapelin off


Olarrr


Melhor Atriz/Ator

Wagner Moura hoje, amanhã e sempre!

Gente, que orgulho desse moço, sério. Eu não lembro se a primeira vez que o vi foi em Carandiru (muito provavelmente), onde eu fiquei puta pelo que o Zico (personagem dele) fez com o Deusdete (personagem do Caio Blat), ou em Sexo Frágil, uma série que passava na Globo e eu amava! Inclusive, Wagner era minha mulher preferida.

Depois disso fui acompanhando a sua carreira (mais no cinema que na TV), até que veio Tropa de Elite e todo aquele booom. Apesar de tudo, como já falei aqui, meu filme preferido ainda é Homem do Futuro. Impossível ficar triste depois de assistir.

Eu comemorando o Wagner Moura ganhando o Globo de Ouro

Mas daí esse ano o moço foi fazer série com Mozão (no caso, Netflix), e eu tive motivos pra enlouquecer completamente. É aquela coisa, quando você acha que Wagner Moura não pode ser melhor, ele vem e vráaa. Tô muito feliz que ele esteja concorrendo ao Globo de Ouro (apesar de achar que o Jon Hamm vai ganhar. Mad Men acabou e eles amam premiar séries que acabam).

Melhor Filme

A Travessia provavelmente nem é o melhor filme de 2015, mas é um que fui ver no cinema sem esperar nada e sai encantada ao final da sessão.

Imagina um cara que tem como objetivo na vida atravessar as Torres Gêmeas em um cabo de aço. Surreal, né? Nã-nã-não, a história é bem real. O filme foi baseado na peripécia (amo essa palavra) do Philippe Petit.

AGONIA

Joseph Gordon Levitt atua muito, mas a alma do filme tá na direção do Robert Zemeckis. Sério, vale muito a pena!


Melhor Série

Jéssica Jones! Nem quero muito falar sobre menina Jéssica aqui porque a ideia é fazer um post sobre ela. Mas ó, amei roteiro, atuação e fotografia.

S2

Sim, Jéssica Jones é uma série sobre abuso, ou seja, é muito mais do que uma heroína salvando o dia, é sobre uma pessoa tentando seguir em frente depois de um grande trauma.

Melhor Personagem


¯\_(ツ)_/¯


Kilgrave não é a melhor pessoa, mas com certeza é um dos melhores vilões já construídos no universo da Marvel. Mais uma vez, não quero falar muito de Jéssica Jones, mas é impossível não dar esse ~prêmio~ pro David Tennant.

Amo que Kilgrave é um vilão que tem muito mais personalidade que poder, sabe? Ele é como o Coringa e o Lex Luthor nos filmes da DC Comics, usam de estratégia pra conseguirem o que querem como se o mundo fosse um tabuleiro de xadrez. Espero muito que ele não fique só em Jéssica Jones e vá visitar as outras séries da Marvel. Roteiristas, deem um jeito!

Melhor Livro

Não foi lançado em 2015, pelo contrário, é bem antigo (acho que dos anos 70), mas só fui ler Cartas da Prisão agora.

Uma das cartas. Fonte: aqui

Sempre me interessei por história, e meus pais me falaram muito do período da Ditadura Militar, principalmente mostrando as músicas da época. Me assombra tudo o que aconteceu, e mais ainda, pessoas pedindo pela volta do horror. Tava numa feira do livro e encontrei Cartas da Prisão, do Frei Betto. Já conhecia um pouco da história do autor e por isso comprei.

Choro de soluçar lendo esse livro, descobrindo tudo o que ele e os demais companheiros de luta passaram na prisão (e aqui, peço que leiam a carta do Frei Tito).

Por favor, se você é um desses que pedem a volta dos militares, ou conhece alguém que pede, leia ou dê de presente esse livro. A história está lá pra ser entendida. Não podemos cometer os mesmos erros mais uma vez.


Melhor Música

Acho que essa tá bem fácil:



Se Hello com todos os memes não é a melhor do ano, eu não sei mais qual é.

(Tem também a I Used to Loved You, da Gwen Stefani, pros momentos da bad. Aliás, recordando aqui da época que eu amava No Doubt — talvez ainda ame — e colava adesivos de 3º olho na testa pra ficar igual Gwyn).

Cause I'm just a girl 


Melhor Aplicativo

Sou uma pessoa ansiosa/preocupada, por isso, quando minha mãe foi viajar sozinha (por sozinha entendam sem a minha presença), fiquei desesperada.

Isso é coisa que vem desde criança. Meu pai era supervisor de um projeto público, daí ele trabalhava viajando durante a semana. Quando dava sexta-feira, eu não dormia até ele estar são e salvo em casa.

Eu pra mamãe

Pois bem, com a minha mãe a mesma coisa, mas dessa vez pude contar com a tecnologia e usar o app FlightAware pra rastrear o voo dela. Achei vida!

E pra você, qual foram os melhores do ano?

 https://www.facebook.com/groups/685391451588155/

6 comentários:

  1. "...foi fazer série com Mozão (no caso, Netflix)" HUAHUAHUA

    Mas comentando sobre o resto: Eu comecei a assistir Narcos, acho que Wagner Moura tá mandando mt bem, mas eu não amei 100% a série :( Acho que não entrei no clima e tô enrolando pra assistir os últimos episódios!

    Ainda quero ver A travessia e Jessica Jones! Tão na minha lista, juro!

    E se tivesse uma categoria para maior decepção eu diria Jogos Vorazes! hahahaha Ainda tô decepcionada demais! =P

    E oh, fui clicar no link do grupo Blogueiros Geeks e não vai :\ Convida euuu!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahahaha Eu e Netflix estamos pra marcar a data do nosso casamento!

      Então, acho que Narcos tem que estar bem no clima mesmo, mas depois que você entra no universo, sai por aí até soltando umas frases em espanhol. Mal parido já virou meu xingamento preferido! hahaha

      Assista A Travessia, é maravilhoso! E Jéssica é aquela coisa, tem que ir sabendo que não é uma série de super heróis. Jéssica não salva nem ela (e acho que foi por isso que gostei).

      Jura que não gostou? Eu até gostei, mas ainda acho o 2º filme bem superior. E queria que o final fosse mais triste, como é no livro. Ela parecia felizinha demais com as crianças, e não é bem assim.

      Do Blogueiros Geeks acho que tá fechado, eu tenho que te convidar e esperar o adm aceitar, mas já fiz isso :)

      Excluir
    2. Não gostei do filme pq achei enrolação esse negócio de dividir o último livro. Achei o ritmo lento e mudanças de cenas bem repentinas, parecia trabalho amador! hahahaha Sem contar que enrolaram tanto, mas não dedicaram tempo pro q realmente importava. Parecia alguém contando uma história de qq jeito, sabe? Saí decepcionada do cinema :(

      Excluir
    3. Então, realmente não precisava ter dividido em duas partes. Sobre a morte 1, que acho que faltou mostrar direito, nem no livro é bem feito (vc chegou a ler?). Só fui perceber um tempão depois o que tinha acontecido hahahaa.

      Lu, a gente precisa marcar um pastel pra falar sobre coisas importantes, tipo Senhor dos Aneis :P hahahaah

      Bjo

      Excluir
  2. Cara, que legal! Amei! Só não achei Jessica Jones isso tudo, mas entendo a pertinência da série ao contexto que vivemos.

    Tentei acessar o grupo e não consegui, que pena =(

    Enfim, adorei demais os seus melhores do ano, quero fazer um post assim tb *-*

    Bjoo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu amei Jéssica Jones, assisti de uma vez! hahahaha Acho que gostei da série por não se limitar a uma pessoa perfeita salvando o mundo da destruição (beijos, Superman :P )

      Acho que os Blogueiros Geeks está fechado, mas enviei seu nome pra adm.

      Bjo!!!

      Excluir